Como Criar uma Startup de Tecnologia e Surpreender o Mercado?

Tempo de leitura: 7 minutos

É cada vez mais comum dar de cara com jovens querendo saber como criar uma startup de tecnologia e quem sabe gritar ao mundo suas ideias inovadoras.

Aqui não vemos nenhuma surpresa, pois estamos em uma fase bem propícia para o estímulo da criatividade e exercício do empreendedorismo.

Com o surgimento de novas tecnologias, ficou muito mais fácil e barato abrir seu próprio negócio e iniciar um relacionamento com a clientela, especialmente se a empresa em questão for de tecnologia, pois com certeza estará embasada na internet.

Não é exagero estimar que você consegue inaugurar um serviço online simples com até R$ 5 mil, visto que os gastos com uma estrutura web estão ficando cada vez mais simbólicos.

Tem gente se mantendo vivo produzindo vídeos para canais no YouTube, o que dizer sobre aqueles que desenvolvem aplicativos inovadores e começam a ganhar dinheiro utilizando publicidade?

São tantas as formas de se criar uma startup de tecnologia que poderíamos passar dias e dias conversando aqui e ainda não chegaríamos a uma conclusão.

No entanto quero te mostrar de maneira geral como você pode iniciar uma startup e construir o seu próprio caminho por meio de uma abordagem mais certeira.

O que iremos aprender no artigo de hoje?

// Seja realista sobre suas habilidades tecnológicas

// Entre em contato com seus potenciais clientes

// Valide sua ideia de negócio

// Construa um protótipo

// Pre-Venda

// Busque um co-fundador técnico para fazer parte da sua startup

Seja realista sobre suas habilidades tecnológicas

seja realista sobre suas habilidades tecnologicas

Existem diferentes níveis de habilidades técnicas e outras nem tão técnicas assim. Onde você está tecnicamente terá um grande impacto no que será necessário para você ter sucesso.

Por isso avalie bem suas habilidades e não se engane achando que você vai ter sucesso trabalhando em algo que você não entende nem como funciona.

Se por exemplo você gostar muito de smartphones, isso pode ser um ponta pé inicial para você criar algo que de alguma forma supra algum tipo de necessidade do usuário, no entanto você precisa listar quais as habilidades necessárias você e sua equipe precisa adquirir para atingir os objetivos estabelecidos.

Mas existe também muitas habilidades não técnicas para você explorar, e aqui vou listar alguns exemplos:

  • Angariação de fundos
  • Entrevistar clientes
  • Design UX
  • Pesquisar o cliente ideal
  • Páginas de destino de testes A / B
  • Escrita de anúncios
  • Otimização de conversões
  • Escrevendo descrições de produtos
  • Copywriting
  • Escritor de Post para Blog
  • Guest blogging / guest posting
  • Gestão de redes sociais como: Instagram, Facebook, LinkedIn, Pinterest, etc.
  • Vendas – especialmente pré-vendas
  • Marketing
  • Construir times / Recrutamento / RH
  • Contabilidade
  • Questões legais – entrevistar advogados, pesquisar questões jurídicas
  • Networking

Entre em contato com seus potenciais clientes

entre em contato com seus potenciais clientes

Uma coisa é certa, você não deve escrever uma única linha de código sem adquirir uma compreensão real das necessidades de seus clientes.

Ao entrar em contato com seus potenciais clientes, descubra o seguinte:

  • Quais são os desafios que sua tecnologia resolve?
  • Existe realmente um problema? ou você está criando uma solução para um problema que não existe?
  • Eles pagariam por isso e quanto? A única prova real de que eles vão pagar pela sua tecnologia é a pré-venda. A maioria das empresas não faz isso e é uma das razões pelas quais elas acabam fracassando.

Valide sua ideia de negócio

valide sua ideia de negocio

Antes mesmo de pensar em desenvolver alguma coisa, é muito interessante você testar a sua ideia de negócio .

Uma maneira excelente de fazer isso é configurando uma landing page e direcionar algum tráfego para ela.

É fácil criar uma landing page sem ter que escrever uma linha de comando se quer. Você pode usar ferramentas de terceiros como Unbounce  ou LeadPages .

Você pode pagar pelo tráfego no Facebook f, fóruns ou em alguma outra rede social e medir o número de inscrições. Desta maneira, você irá descobrir rapidamente o custo para se obter um novo cliente.

Veja como validar sua ideia de negócio:

  • Converse com as pessoas sobre sua ideia de negócio. É um grande erro tratar a sua ideia como um segredo. Vá lá e compartilhe com as pessoas. Preste atenção em como as pessoas reagem à sua ideia.
  • De acordo com Travis Steffen, um empreendedor em série que escalou e vendeu seis empresas de tecnologia, sua ideia deve vir do cliente, não de você. Ele também argumenta que você só tem uma ideia de negócio válida se puder  comercializá-la de forma lucrativa.
  • Encontre produtos concorrentes. Sim, toda empresa tem concorrência. Concorrência é uma coisa boa porque prova que existe um mercado para o seu produto.Se você estiver criando um software especializado para um setor específico, verifique se há produtos de software concorrentes no mercado. Seu trabalho é criar uma versão melhor do que já existe no mercado. 
  • Ouça o que seus clientes estão lhe dizendo. Muitas vezes seu mercado lhe dirá o que você precisa para vender o seu produto/aplicação, mas você tem que estar disposto a ouvir.
  • Crie uma versão simplificada do seu produto ou um produto mínimo viável, como Eric Ries diz em “A Startup Enxuta”.
  • Se você tiver um produto, tente o crowdfunding. O crowdfunding oferece uma ótima maneira de financiar e validar seu produto ao mesmo tempo.

Construa um protótipo

construa um prototipo

Mais uma vez, você não precisa escrever códigos aqui. Você pode fazer isso com um pedaço de papel e lápis.

Crie um wireframe. Para ficar mais sofisticado, você pode usar um editor de imagens ou alguém superior para fazer isso por você.

O importante aqui é desenvolver uma ferramenta para demonstrar sua ideia. Você precisará disso quando conversar com clientes em potencial, investidores, membros potenciais da equipe ou co-fundadores.

Pré-venda

pre-venda

A prova está nas vendas. Se você puder pré-vender, será mais fácil encontrar um co-fundador, mais clientes e investidores. Você não pode discutir com vendas. Se você tiver uma ideia de negócio viável e tiver feito sua pesquisa com o cliente, será possível fazer a pré-venda.

Siga os seguintes passos para pré-vender seu produto ou serviço:

  • Pré-venda para pelo menos 5-10 clientes. Você não ficará rico, mas lhe dará algum nível de validação.
  • Dê às pessoas um desconto significativo para comprar antecipadamente. Nunca ofereça preços com desconto para toda a vida, porque isso pode se tornar impossível no futuro. Em vez disso, ofereça descontos para os próximos 1 a 2 anos.
  • Limite o período de tempo que os clientes podem pré-encomendar e receber o preço com desconto.
  • Limite o número de clientes que podem pré-encomendar da sua empresa.
  • Mostre prova social enquanto você pré-vende. Citação, influenciadores e clientes que já compraram. Mostre a empolgação deles com seus produtos.
  • Dê um pouco mais para quem pré-encomendou. Pode ser algo tão simples quanto uma camiseta.

Busque um co-fundador técnico para fazer parte da sua startup

busque um co-fundador tecnico

Pense nisso como uma entrevista de emprego bem longa. Nem comente sobre isso como alguem que está buscando por um co-fundador.

Em vez disso, tente trabalhar com várias pessoas técnicas em pequenos projetos. Veja se há química. Se você trabalha bem com alguém, passe para o próximo projeto pequeno.

Se a pessoa não se encaixa bem, siga em frente para tentar a próxima pessoa. Dê pequenos passos. Conheça o programador pessoalmente, se puder.

Habilidades técnicas são importantes, mas são apenas parte do pacote que você está procurando. Você quer que a pessoa tenha uma personalidade que seja adequada para a empresa que está começando.

Não importa quão bons sejam tecnicamente, se acabar alienando o restante da sua equipe, sua empresa sofrerá.

Conclusão de Como Criar uma Startup de Tecnologia

Gostou do nosso artigo? Deu pra aprender como criar uma startup de tecnologia? Claro que não é só isso, existe muito trabalho duro pela frente, e com certeza iremos continuar falando sobre esse assunto, pois é muito amplo.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.