Como Fazer Email Marketing – O Segredo por Trás dos Grandes Empreendedores

Tempo de leitura: 14 minutos

Hoje como você já deve saber, vivemos na era da informação, uma era com muitas novidades, conhecimentos, porém com muita confusão.

Digo com muita confusão pois a quantidade de informações que temos acesso é assustadora, tanto informações verídicas e relevantes como informações “sem pé nem cabeça” e totalmente irrelevantes, e nem sempre sabemos diferenciar, pois muitas vezes as informações “sem pé nem cabeça” vem com um disfarce quase que perfeito para nos envolver e fisgar a nossa atenção.

O e-mail é uma dessas tecnologias que fazem parte dessa era, que veio para mudar a forma como nos comunicamos e nos informamos.

Porém, como em todas as formas de comunicação que existem, podemos utiliza-lo tanto para o bem como para o mal, tanto para agregar valor como para enganar quem está absorvendo aquela informação.

Por isso te convido a acompanhar esse artigo até o final, para você entender como você pode utilizar desse poder que você tem em suas mãos para se relacionar e encantar a sua audiência, gerando valor e entusiasmando as pessoas que lhe acompanham.

Comunicação é o fator número um de influência quando se trata de sucesso nos negócios e também em qualquer área da sua vida, então quem domina essa arte, pode ter certeza, o sucesso será inevitável.

Tudo pronto por ai? Preparado para aprender como fazer email marketing de forma eficaz? Veja o que iremos aprender nesse artigo.

// O que é E-mail Marketing

// Como fazer Email Marketing

// Deixando as pessoas ansiosas pelo seu e-mail

// Check-list completo de E-mail Marketing

O que é E-mail Marketing

o que e e-mail marketing

Antes de te mostrar o verdadeiro e-mail marketing, vou te mostrar logo o que não é e-mail marketing para você ter uma visão completa sobre essa ferramenta.

E-mail Marketing não é o envio desesperado e, muitas vezes, aleatório de mensagens, sem a preocupação de mirar em quem realmente interessa para o seu negócio, o nome disso é SPAM.

É muito comum empresas comprarem listas de e-mails e sair por ai disparando e-mails sem critério algum.

A ilusão de que essa estratégia irá trazer mais clientes para o negócio é bem equivocada, uma vez que ao invés de trazer resultados positivos, isso apenas contribui para que a empresa construa uma imagem negativa com quem pretendia conquistar, encantar e fidelizar.

Se a intenção era se aproximar do público e fazê-lo se interessar pelo que a empresa oferece, isso só o afasta.

Já o E-mail Marketing como o próprio nome já sugere é uma maneira de fazer marketing ou publicidade por meio do contato por e-mail entre as empresas e seus atuais ou potenciais clientes.

Porém contatos que foram autorizados por quem está recebendo os e-mails da empresa, é o que também chamamos de marketing de permissão, pois você só está fazendo marketing para ela porque ela permitiu.

Durante muito tempo, o e-mail marketing foi utilizado para se fazer spam, ou seja, uma comunicação ineficaz e rigida.

As mensagens recebidas, além de serem irrelevantes trazia muitos transtornos e um retorno baixíssimo para as empresas que adotavam essa estratégia.

No entanto, hoje em dia, o e-mail passou a ser utilizado por várias empresas de uma forma bem mais inteligente, fazendo dela uma das ferramentas de marketing mais poderosas da internet.

Se você tem um negócio, seja ele um pequeno negócio ou uma grande empresa e ainda não utiliza o e-mail marketing, vou lhe apresentar alguns motivos para você repensar sua atitude.

  • O e-mail Marketing tem o potencial de elevar o tráfego de clientes no seu site.
  • Se você possui um e-commerce, poderá aumentar absurdamente suas vendas.
  • Você pode aumentar o número de vendas e de negócios fechados em sua empresa.
  • É uma das melhores formas de estreitar a relação com o seu cliente.
  • Você alcançará diversos públicos e consequentemente irá gastar muito menos comparado com outras formas de se fazer publicidade.

Compreendeu o que é e o que não é e-mail marketing? Vamos ver se você já recebeu um.

Se você já realizou uma compra pela internet, acabou recebendo em sua caixa de e-mail uma mensagem de confirmação de compra, certo? Isso é e-mail marketing.

Você também pode ter recebido oferta de passagens aéreas, Newsletter, etc.

E-mail marketing, quando bem planejado e estruturado, é uma forma de publicidade onde a interação não se perde.

Se o conteúdo for realmente algo relevante para o cliente, pode ter certeza que ele deixará o conteúdo arquivado dentro da sua caixa de e-mail.

Resumindo, E-mail Marketing é a maneira de gerar impacto aos destinatários, ajudando a fidelizar e até, em alguns casos, a prospectar novos clientes.

Como fazer Email Marketing

Como fazer e-mail marketing

Para fidelizar clientes é necessário um bom relacionamento com eles.

Uma empresa que cai no esquecimento de seus clientes, ela com certeza não está pensando em seu futuro.

Por mais que os clientes não queiram ter sua privacidade invadida, ele quer atenção aos seus desejos e necessidades.

Seja Equilibrado

Já aconteceu de você retornar a uma loja onde a vendedora ficou sentada, sem dar a minima pra você, enquanto você precisava ser atendido?

Ou, de alguma forma você já se sentiu tão confortável com um vendedor que quase te obrigou a comprar um produto que nem precisava?

Bem, com o e-mail marketing é da mesma forma, é preciso você ter bom senso e levar em conta uma serie de fatores.

Planeje o seu público

Isso é o óbvio do óbvio, tentar estabelecer uma comunicação com quem você não conhece será bem frustrante, pois você não terá a resposta esperada.

Conhecer seus clientes atuais e os seus potenciais clientes é essencial para o seu negócio.

Você precisa ter clareza sobre quem irá consumir os seus produtos ou serviços, para assim, poder definir objetivos específicos para eles.

Só depois de saber exatamente quem vai receber as suas mensagens que você vai dispor de tempo para cria-las.

Outro ponto chave e importantíssimo é você estabelecer metas, além de saber qual mensagem irá passar, tem que saber aonde você quer chegar.

Criando Personas e conhecendo a fundo o seu público.

A melhor maneira de você entender e conhecer o seu público-alvo para o e-mail marketing, é você passar a pensar como um consumidor.

Você gosta de receber aquelas ofertas de produtos no seu e-mail que você sabe que nunca vai adquirir?

A não ser que você tenha paciência e tempo de sobra, você além de não ler, ainda vai mandar tudo para lixeira, estou errado?

Vamos supor que você é um estudante de 22 anos e mora sozinho. Então, você recebe em seu e-mail uma oferta de um belo portãozinho para evitar que suas crianças cheguem até a cozinha.

Me diga com toda sinceridade, qual a probabilidade de você comprar esse portãozinho? Nula ou muito baixa, não é mesmo?

Agora, vamos supor que um pai de família de 32 anos recebe a mesma mensagem em seu e-mail. Você acha que essa probabilidade aumenta?

Por isso é essencial que uma empresa conheça a fundo quem são os seus potenciais clientes, para que ela não perca tempo e nem dinheiro divulgando seus produtos e serviços para quem não quer.

Se você já deu ou ainda dá tiros no escuro, pare com isso, defina hoje mesmo a persona ideal para quem você quer vender.

E como fazer isso da melhor maneira?

Criando suas personas!

Persona significa personificar pessoas que fazem parte do seu público-alvo.

Você irá criar um ou mais clientes fictícios, buscando ser a representação mais fiel do seu consumidor.

Nesse processo você deve levar em conta varias questões, como religião, faixa etária, hábitos, classe social, preferências ou comportamentos.

Ferramentas para fazer E-mail Marketing

ferramentas para fazer e-mail marketing

Para você utilizar os e-mails e se comunicar com sua audiência, é necessário dispará-los de alguma forma.

Se você tava pensando em fazer isso de forma manual, pode esquecer, que essa é a forma mais ineficaz de se fazer isso.

Existem inúmeras ferramentas de disparo de e-mails em massa que irão lhe ajudar bastante nessa empreitada, pois fazer o envio de forma manual, além de ser muito trabalhoso, pode ter certeza que ele será enviado diretamente pro spam.

Mailchimp-Logo

Se você for novato no e-mail marketing eu indico a você utilizar o Mailchimp. Pois além de ser fácil de se utilizar possui uma versão gratuita para você armazenar seus primeiros e-mails e fazer seus disparos.

Existe também a opção de você utilizar software, que além de fazer os disparos, permite você fazer uma gestão bem mais completa, como o Active Campaing e o HubSpot.

O HubSpot por exemplo, tem outras possibilidades, como gestão de redes sociais e blogs, além de inúmeras possibilidades.

Agora que você já está por dentro de como disparar os seus e-mails, precisa pensar em como você irá criar cada um deles.

O ponto de partida é a linguagem que a sua empresa irá utilizar em todos os seus e-mails.

Mesmo que as mensagem sejam diferentes, elas devem ter o mesmo formato, tanto em comunicação textual como visual.

Isso irá fazer com que, ao abrir o seu e-mail, o leitor logo identifique a sua empresa/marca.

O e-mail deve conter imagem e texto

E-mails que apostam somente na utilização de imagens podem ser considerados como spam.

E pode ter certeza, o conteúdo se torna bem mais rico quando juntamos a parte escrita com a visual.

O recomendado é que seja 60% de texto e 40% de imagens. Dessa forma sua taxa de entrega será melhor e o seu e-mail estará muito bem estruturado.

Avalie o peso das imagens que você escolher

As imagens devem ter, no máximo, 100kb, pois imagens com um peso superior irão prejudicar o envio de seus e-mails, além do mais os seus usuários irão ter muitas dificuldades de abrir.

E o seu layout máximo deve ter no máximo 470kb de imagens para uma maior entrega.

Dê ao cliente sempre a opção de se descadastrar

Isso é algo de extrema importância hoje em dia, pois assim como o seu usuário precisa aceitar e receber suas mensagens, ele também tem o direito de desistir da decisão que tomou.

Agindo assim, você evitará reclamações, denuncias e marcações de SPAM.

Planeje a frequência dos seus e-mails

Para tudo na vida precisamos de equilíbrio, e se tratando de comunicação isso não é diferente.

É necessário que você planeje o envio de cada uma das suas campanhas.

Há uma linha muita tênue entre engajar o leitor e irrita-lo.

Se você enviar poucos e-mails pode fazer com que o seu leitor ou já cliente se esqueça completamente da sua empresa, mas se você ultrapassar os limites, você será colocado na sua lista negra (como a de spam, por exemplo).

Mas qual é o ponto exato?

Isso pode variar de negócio para negócio, por isso é muito importante analisar os e-mails que você recebe, como você se sente? como você gostaria que fosse? por isso é necessário planejar – e entender o seu consumidor!

Coloque-se no lugar dele, você iria gostar de receber essa quantidade de mensagens? Geralmente esse é um bom termômetro para medir a regularidade das suas mensagens.

Deixando as pessoas ansiosas pelo seu e-mail

deixando as pessoas ansiosas pelo seu e-mail

Esse é o ponto chave para você encaminhar um potencial cliente até o objetivo de compra, encantando-o.

Um leitor encantado, fica esperando ansiosamente pelos seus e-mails, por isso vou te passar alguns pontos principais para você deixar seus leitores e clientes na expectativa do próximo e-mail.

Prepare um assunto que CHAME ATENÇÃO!

assunto que chama a atenção

O assunto do e-mail que você enviou é sem duvida a primeira impressão que o usuário irá ter da sua mensagem.

Se o assunto que você escolheu não for bom o bastante,  provavelmente seu e-mail não será aberto.

Por isso deve ser prioridade sua pensar e gastar bastante energia mental pensando sobre o melhor assunto, mas cuidado para não exagerar e fazer como alguns fazem, e colocar um assunto absurdo somente para aumentar a taxa de abertura.

Agindo assim você mais afastar seu lead do que converter.

A produção de um assunto interessante precisa ser bem elaborada em toda campanha, por isso estude e analise sempre.

Mostre sempre o objetivo do seu e-mail

Como falei antes, além de não exagerar, deixe claro ao usuário a ideia do que ele irá encontrar ao abrir o seu e-mail.

Um texto vago, sem foco algum, fará com que o leitor perca totalmente o interesse. Foque no objetivo do seu e-mail, deixando tudo muito claro bem no inicio.

As vezes é interessante criar URGÊNCIA, para aumentar a taxa de conversão.

criar urgencia

Bem, se é algo que aumenta a taxa de conversão, porque não posso fazer sempre? Boa pergunta!

Simplesmente porque seu potencial cliente ou cliente precisa levar o seu negócio a serio.

E coisas urgentes não são corriqueiras, são excepcionais, ou seja, não pode acontecer todo momento. Mas criando essa urgência cautela, ajudará na sua conversão.

Utilize frases como:

  • “50% OFF em diversos produtos [SÓ HOJE]”
  • “Oportunidade imperdível, só até amanhã”
  • “Só hoje, leve 4 e pague 2”

Para causar um impacto maior no consumidor e fazer com que ele perceba que se trata de algo URGENTE, e precisa realizar a compra o quanto antes, se não PERDE.

Mas nunca se esqueça de cumprir exatamente o que você prometeu okay?

Cuidado com palavras que geram SPAM ou que sejam muito comerciais

Palavras como “promoção”, “grátis” e “desconto” podem marcar diretamente o seu e-mail como Spam, diminuindo drasticamente as chances do seu e-mail ser aberto.

Corpo ou Esqueleto do seu E-mail

O corpo do seu e-mail também precisa ser muito bem pensado e estruturado assim como seu assunto. Precisa ser prático e deixar bem claro sua proposta.

E claro, precisa direcionar sempre o leitor para um call-to-action, ou seja, que ele vá para outra página concluir a ação sugerida pelo e-mail.

Utilize textos puros

Se você fizer um texto muito longo ou complexo demais, irá com certeza repelir seu leitor.

Se tratando de e-mail, é necessário que o usuário seja captado rapidamente, entendendo logo “de cara” o sentido da mensagem para logo de imediato tomar a ação que você deseja.

Check-list completo de E-mail Marketing

check-list completo de e-mail marketing

Planejamento:

  • Público-alvo
  • Conteúdo do e-mail
  • Ferramentas que serão utilizadas

Conteúdo do E-mail:

  • Assunto do e-mail
  • Corpo do e-mail com texto objetivo
  • Imagens leves

Disparo do E-mail:

  • Frequência
  • Calendário
  • Ferramentas ou softwares
  • Público

Analisando sua estratégia:

  • Métricas
  • Histórico
  • Avanços

Conclusão

conclusão

Gostou do artigo de como fazer email marketing? Espero sinceramente que todas as dicas passadas para você neste artigo possam ajudar o seu negócio a decolar de vez.

Deixe os seus clientes satisfeitos e com certeza irá alavancar seus resultados!

Agora, depois de tudo que você aprendeu, conte para mim, através dos comentários: que tipo de e-mail marketing você implementaria como estratégia no negócio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *