Desenvolvedor de Games: Como iniciar sua carreira

Tempo de leitura: 11 minutos

De acordo com o próprio Ministério da Cultura do nosso país, trabalhar como Desenvolvedor de Games é um dos setores profissionais que mais cresce no País, e que já arrecadou cerca de R$ 1,3 bilhão no ano passado.

Os Jogos de videogame já deixaram de ser coisa de criança e passou a ser profissão para muitos adultos.

Hoje, mais de 66,3 milhões de brasileiros são jogadores regulares, de acordo com dados da Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames).

O número faz do Brasil um mercado consumidor em expansão se tratando dos games – o 13º maior do mundo se tratando das vendas de jogos eletrônicos.

Nesse artigo vou mostrar de fato os passos que você precisar seguir para se tornar um desenvolvedor de games, as habilidades necessárias que você precisará adquirir para poder construir qualquer tipo de jogo que você desejar, okay?

O que você irá aprender nesse artigo?

// Perfil Profissional do Desenvolvedor de Games.
// Como ser um desenvolvedor de games independente.
// O programador de Games.
// Algoritmos e Lógica de Programação.
// Conhecendo o Eclipse para desenvolver seus games.
// Orientação a Objetos com Java.
// Iniciando sua carreira.

Gostou do que está por vir? Preparado para saber exatamente o é preciso para se tornar um desenvolvedor de games?

Então vamos lá.

Perfil profissional do desenvolvedor de games.

perfil profissional do desenvolvedor de games

Se você pretende seguir a carreira como um desenvolvedor de games digitais, você deve preservar algumas qualidades importantes.

Para começar, você precisa acima de tudo saber trabalhar de forma coletiva. A construção de um jogo geralmente envolve um número bem elevado de pessoas que precisam interagir entre si para desenvolver o projeto.

Saber contar os detalhes da sua área de trabalho para os seus colegas de outras áreas é fundamental, assim como documentar o próprio progresso.

Mesmo que você opte por ser um profissional independente, que trabalha através de contratos com empresas ou gerencia o próprio projeto, ter a habilidade de comunicar para os outros o seu avanço e suas necessidades é muito importante.

Como ser um desenvolvedor de games independente?

como ser um desenvolvedor de games independente

Existe também a possibilidade de se trilhar uma carreira independendo no universo dos jogos.

Os profissionais independentes trabalham na maior parte dos casos de sua própria residência, podendo ser desenvolvido um trabalho integral ou parcial (isso no seu tempo livre, caso ele tenha outro emprego).

Basicamente existem dois tipos de desenvolvedores independentes:

1. Produtor independente.

A pessoa que produz um jogo completo, normalmente de sua própria autoria. De acordo com o projeto e de suas habilidades pessoais, o desenvolvedor independente pode desenvolver todas as partes do jogo, desde sua concepção até a publicação em algum mercado de jogos.

Ele também pode se concentrar em partes específicas do jogo (como por exemplo, a história que há por trás do jogo) e contratar outras pessoas (freelancers) para desenvolverem as outras partes do jogo.

2. Freelancer.

O produtor freelancer é o profissional que trabalha por meio de contratos, sem nenhum vínculo empregatício.

Freelancers podem prestar serviços tanto para produtores independentes quanto para pequenas e grandes empresas.

Normalmente os freelancers são contratados para realizar uma parte bem específica do projeto, como por exemplo a criação das armas de um jogo de guerra.

O programador de games.

o programador de games

O programador dos games digitais desenvolve o código base do jogo.

É o programador que desenvolve toda a física do jogo (como por exemplo, a velocidade de um carro em um jogo de corrida muda quando a pista está molhada se ele não trocar os pneus do carro).

É ele que implementa toda a mecânica de jogo, o movimento dos personagens, entre outras coisas. O Programador de games não deve ser confundido com o game designer.

Um programador de jogos deve ter uma boa base em programação de computadores, o que pode ser obtido cursando o nosso curso de Desenvolvimento de Games.

A principal linguagem a ser dominada é o JAVA, mas algumas outras também são utilizadas.

O salário de um programador de games varia de acordo com o país e a empresa onde o programador trabalha.

Uma pesquisa de 2010 indica que o salário médio (considerando vários países diferentes) de um programador de jogos é de US$ 95.000,00 (noventa e cinco mil dólares) por ano.

Um programador pouco experiente, com aproximadamente 3 anos de carreira, ganha em média US$ 72.000,00 (setenta e dois mil dólares) por ano, enquanto um programador com bastante experiência ganha em média US$ 127.000,00 (cento e vinte e sete mil dólares) anuais.

Certo, mas e no Brasil?

Por aqui, um programador de games de nível iniciante pode ganhar até R$ 2.000,00 mensais, ou R$ 26.000,00 por ano (incluso 13º salário).

Já o salário de um programador experiente passa dos R$ 5.000,00 mensais, ou seja, pode ganhar mais que R$ 65.000,00 por ano.

Algoritmos e Lógica de Programação.

algoritimos e logica de programação

E com toda certeza os algoritmos e a lógica de programação precisam ser seus companheiros nessa jornada de desenvolvedor de games.

A capacidade que você irá adquirir de pensar de forma lógica é um dos principais diferenciais para se tornar um desenvolvedor de games experiente.

Diretamente relacionado a lógica, compreender o conceito de algoritmo também será algo primordial.

Com esse entendimento, caso seu objetivo seja se tornar um bom desenvolvedor de games experiente, o próximo passo é começar a programar em nosso treinamento, no qual você entrará em contato com a linguagem Java, verá os seus fundamentos na pratica, até se tornar alguém que domina a linguagem.

A lógica de programação é a capacidade que todo programador tem para resolver os problemas que aparecem no seu dia-a-dia.

A capacidade de dividir o problema em partes menores é uma etapa essencial da lógica de programação e precisa ser levada em consideração quando nos deparamos com qualquer desafio.

É nesse ponto que entra o conceito de algoritmo: Que geralmente é explicado como uma sequência lógica de ações/execuções capaz de resolver problemas

É interessante ressaltarmos, que o conceito de algoritmo vai muito além da programação.

Exemplo:

Vamos imaginar o trabalho de um recepcionista de cinema, ele deve conferir todos os bilhetes e encaminhar o cliente para a sala correta.

Além disso, se o cliente chegar com 30 minutos de antecedência o recepcionista deve informar que a sala do filme ainda não está aberta.

Mas caso o  cliente chegar 30 minutos atrasado o recepcionista deve informar a ele que a entrada não será mais permitida.

Obs: Essas regras foram definidas apenas para fins didáticos.

Vamos escrever um algoritmo para descrever a atividade do recepcionista.

Algoritmo Recepcionista do Cinema

Inicio

1 – Solicitar ao cliente o bilhete do filme.

2 – Conferir a data e o horário do filme no bilhete.

Se data/hora atual > data/hora do filme + 30 minutos Então

3 – Informar ao cliente que o tempo limite para entrada foi excedido.

4 – Não permitir a entrada.

Senão Se data/hora atual < data/hora do filme – 30 minutos Então

5 – Informar ao cliente que a sala do filme ainda não foi liberada para entrada.

6 – Não permitir a entrada.

Senão

7 – Permitir a entrada.

8 – Indicar ao cliente onde fica a sala do filme.

Fim-Se
Fim

Qualquer um que seguir esse passo a passo irá executar a função do recepcionista do cinema. Concorda?

É importante prestar atenção que o algoritmo tem um fluxo que pode seguir diferentes caminhos dependendo da circunstância em que se encontra.

Outro aspecto interessante é que o algoritmo tem seu aspecto finito, uma hora ou outra ele tem que finalizar!

Claro, que se tratando de um game, nosso algoritmo terá muito mais elementos e será bem mais complexo que este, no entanto essa é a base que você precisa compreender para iniciar hoje mesmo sua carreira de desenvolvedor de games se assim preferir.

Conhecendo o Eclipse para desenvolver seus games.

conhecendo o eclipse

O Eclipse é uma IDE (integrated development environment).

Diferente de uma RAD, onde o objetivo é desenvolver o mais rápido possível através do arrastar-e-soltar do mouse, onde montanhas de código são gerados em background, uma IDE te auxilia no desenvolvimento, evitando se intrometer no seu desenvolvimento e fazer muita mágica.

A IDE Eclipse é a líder do mercado. Formada por um consórcio que é liderado pela IBM, e possui seu código livre.

O Eclipse evita ao máximo te atrapalhar e apenas gera trechos de códigos óbvios, sempre ao seu comando. Existem também centenas de plugins gratuitos para gerar diagramas UML, suporte a servidores de aplicação, visualizadores de banco de dados e muitos outros.

Baixe o Eclipse do site oficial.

Mesmo sendo escrito em Java, a biblioteca gráfica utilizada no Eclipse, que se chama SWT, usa componentes nativos do sistema operacional. Por isso você deve baixar a versão correspondente ao seu sistema operacional.

Descompacte o arquivo e pronto, é só rodar o executável.

Como o nosso objetivo é falar sobre a carreira do desenvolvedor de games, não teremos tempo para detalhar o funcionamento do eclipse, isso levaria horas.

Estamos aqui apenas passando o mapa completo para você começar hoje mesmo sua carreira como desenvolvedor de games.

Orientação a Objetos com Java.

orientação a objetos com java

No Java os programas são escritos em pequenos blocos separados, que chamamos de objetos.

Os objetos são pequenos programas que guardam dentro de si os dados – ou seja, as variáveis – que precisam para executar cada tarefa.

Os objetos também trazem consigo, como sub-rotinas, todas as instruções para processar os dados.

As variáveis que são guardadas pelo objeto são chamadas de atributos, e as suas sub-rotinas são chamadas de métodos.

No Java, objetos são criados a partir de modelos que os descrevem. Esses modelos são chamados de classes. É dentro dessas mesmas classes que definimos que atributos os objetos conterão e que métodos os objetos irão fornecer.

Java é uma linguagem de programação orientada a objetos estática e fortemente tipada.

Programas que são escritos em Java são compilados, como em C e Pascal, mas o resultado da compilação são arquivos que não podem ser executados diretamente pelo computador ou sistema operacional, de modo que precisam também ser interpretados, como em BASIC e Python.

Java é compilada justamente porque isso permite encontrar alguns erros antes de executar o programa e facilita executar os programas de forma mais eficiente, e é interpretada porque isso permite que o mesmo arquivo compilado possa ser executado em qualquer computador ou sistema operacional que tenha um interpretador Java – o que, atualmente, equivale a quase qualquer computador, de smartphones a mainframes.

E basicamente é isso que nós iremos dominar como desenvolvedor de games, quer saber como e por onde começar?

Iniciando sua carreira.

Uma carreira não é algo tão simples quanto parece, pois é uma decisão que lhe custará tempo, esforço e o abandono de muitas outras opções, e nós da Danki Code queremos formar profissionais que realmente estejam compromissados com suas carreiras, pois por mais que seja divertido trabalhar com Jogos, nós sabemos que nem só de jogos vive o homem, existe uma serie de outros fatores que contribuem para o sucesso ou o fracasso do desenvolvedor.

E foi pensando nisso que nós desenvolvemos uma estrutura completa de aprendizado para formar os nossos alunos e torna-los aptos a entrar no mercado de trabalho como um expert realmente que domina o que está fazendo, e o nosso curso de Desenvolvimento de Games é um exemplo de EAD Avançada com suporte individualizado pronto para lhe tornar um desenvolvedor de Games profissional.

Clique aqui e veja o que te espera dentro da nossa plataforma de Ensino.