Como otimizar seu site WordPress em 6 Passos Rápidos e Práticos

Tempo de leitura: 5 minutos

Olá desenvolvedor tudo bem com você? Afim de aprender como otimizar seu site WordPress e assim garantir um site de sucesso?

Calma, esse é um trabalho que exige que os desenvolvedores fiquem alguns passos à frente dos concorrentes. Uma maneira de fazer isso é ter um site rápido com alto desempenho.

Isso significa que você irá construir algo que dê aos usuários um tempos rápidos de resposta, independentemente de onde eles estão localizados geograficamente.

Gostaria de aprender como otimizar seu site WordPress em 6 passos rápidos e práticos?

Fica comigo nesse artigo pois hoje nós iremos aprender:

// #1. Atualize sempre

// #2. Use Resource Hints

// #3. Otimização de imagens no site

// #4. Opte por Imagens no formato de Última Geração: WebP

// #5. Remova plugins e temas desnecessários

// #6. Minificando CSS, HTML e JavaScript

#1. Atualize sempre

Atualize sempre

Frequentemente o WordPress recebe atualizações para corrigir os “bugs” e deixar o CMS mais seguro. Por causa delas, a performance dos sites WordPress continuam com a melhor possível.

E esse é um dos maiores erros cometidos por quem está aprendendo a otimizar seu site, não dão atenção as atualizações de qualquer tipo. Isso pode:

Gerar falhas de segurança;
Prejudicar a velocidade;
Diminuir o desempenho.
Na aba “atualizações” na página inicial do painel de controle você encontra as atualizações de sistema do WordPress.

#2. Use Resource Hints

Use Resource Hints

Resource Hints irá acelerar a entrega de conteúdo otimizando a forma como os recursos são carregados. Eles permitem que o navegador do usuário comece a baixar arquivos antes que eles sejam realmente necessários. Por exemplo, “preload/” permite que os desenvolvedores priorizem determinados recursos e “prefetch/” instrui o navegador do usuário a baixar recursos durante o tempo ocioso.

Portanto, o número de round trips necessárias para carregar a página é reduzido e as respostas às entradas do usuário parecem mais instantâneas.

Em 2016 o WordPress introduziu o suporte para resource hints com o WordPress 4.6.

#3. Otimização de imagens no site

Otimização de imagens no site

Quem desenvolve conteúdos de qualidade também precisa de imagens de qualidade e de todos os tipos no site: Infográficos, gifs, imagens ilustrativas e até ícones estão presentes em grande quantidade na maioria das páginas. Esse número de arquivos pode criar um problema: o aumento do tempo de carregamento.

Sites que apresentam algum tipo de problema para carregar provavelmente estão com uma quantidade excessiva de imagens.

Então qual seria a melhor solução para otimizar as imagens meu site?

Existem ferramentas exclusivas para otimização de imagens no WordPress. Pesquise pelo plugin EWWW Image Optimizer, instale e o ative para otimizar suas imagens.

#4. Opte por Imagens no formato de Última Geração: WebP

opte por imagens WebP

Os GIFs e JPEGs estão se tornando lentamente obsoletas. Novos formatos de imagem como FLIF, WebP e HEIF usam algoritmos de compactação inovadores para compactar imagens de alta qualidade em tamanhos de arquivo menores.

Portanto, vale muito a pena converter suas imagens em um desses formatos. Irá trazer um aumento significativo na velocidade do seu site.

A única desvantagem aqui é que nem todos os navegadores irão suportar estes formatos, portanto, você deve fornecer um formato alternativo para alguns usuários.

Alguns navegadores que atualmente não oferecem suporte ao novo formato de imagem estão planejando fornecer suporte no futuro. Confira quais navegadores suportam esses novos formatos de imagem com a ferramenta Can I Use.

#5. Remova plugins e temas desnecessários

remova plugins e temas

É natural adicionar novas funcionalidades em seu site para mantê-lo atualizado e interessante.

Como você já deve saber, no WordPress isto é feito via plugins e temas. Muitas vezes, novos plugins substituem funcionalidades das funções originais que não são tão funcionais. Conforme o tempo passa, você deve encontrar seu site cheio de plugins e temas que não utilizados a algum tempo.

Muitos plugins que nem estão sendo utilizados podem reduzir absurdamente o desempenho do WordPress.

E aqui vai a regra básica, remova ou pelo menos desative os plugins desnecessários quando estiver otimizando o WordPress.

O ideal é que seu site fique apenas com os plugins que são essenciais para o funcionamento dele.

#6. Minificando CSS, HTML e JavaScript

minificando

Aqui vai uma das técnicas mais úteis se você quer melhorar o desempenho do seu site, minifique. Tudo para reduzir o tamanho dos arquivos do front-end e scripts (HTML, CSS, JS) eliminando caracteres, como espaços e comentários destes arquivos.

O resultado é exatamente a mesma funcionalidade sem o volume adicional. E alguns plugins podem ajudar na minificação, como Autoptimize e W3 Total Cache.

Conclusão de como otimizar seu site WordPress

conclusao Como otimizar seu site em WordPress

Aprendeu como otimizar seu site WordPress? Vimos ai desde melhorar a segurança como melhorar a performance do seu site em WordPress.

O próximo passo que você deve tomar para se aprofundar é construir comigo projetos reais, pois além de muitos anos no mercado de desenvolvimento Web, sou professor com vasta experiência para te conduzir nesta jornada e tirar todas as suas dúvidas.

E não sou eu que digo, são os mais de 14.000 alunos capacitados por mim na Danki Code, por isso sei bem do que eu estou falando.

A melhor forma de você começar a desenvolver projetos reais é adquirindo o Pacote Full-Stack. Com ele você vai desenvolver os projetos mais incríveis e cobiçados do mercado.

>> Conheça o treinamento completo “Pacote Full-Stack” e Domine as Tecnologias mais Atuais e Poderosas do Mercado! <<

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *