7 Dicas de Programação para Jogos + Como Começar

Tempo de leitura: 6 minutos

Desenvolver um jogo não é nada simples. Mas, se você tem uma ideia incrível sobre um game e nunca fez nada a respeito, ela precisa virar realidade, portanto, quero lhe encorajar a seguir em frente com ela.

Com o aumento dos desenvolvedores de games indie, criar um jogo nunca foi tão fácil e barato.

Por isso siga as instruções que eu vou te passar para dar o pontapé inicial e desenvolver o jogo que você sempre sonhou mas não possuía um mapa para realizar tal façanha.

Que dicas de programação para jogos iremos aprender?

// #1 Escolha o tema

// #2 Em que Engine Game Desenvolver?

// #3 Crie sua própria Game Engine

// #4 Planeje o Jogo

// #5 Seja um prototipador

// #6 Melhore os controles

// #7 Dedique-se a parte gráfica do jogo

#1 Escolha o tema

escolha o tema

Apesar de que os jogos que fazem mais sucesso tenham sua essência única, praticamente todos eles se fazem parte de algum tema específico.

Escolha qual tipo de jogo deseja desenvolver para depois fazer a analise do que os seus “concorrentes” estão fazendo. Vou deixar listado alguns temas mais comuns

  • RPG.
  • RPG voltado para história (JRPG).
  • Aventura
  • Luta.
  • Quebra-cabeças.
  • Plataforma.
  • Corrida.
  • Shooters (tiro).
  • Tiro em primeira pessoa.
  • Sobrevivência.
  • Corrida infinita.
  • Arcade.
  • Tower Defense.
  • Terror.
  • Humor.

#2 Em que Engine Game desenvolver?

Em que Engine Game Desenvolver

Se você estiver começando é bom que escolha uma Engine Game que já venha com os recursos que você precisa.

As engines, normalmente incluem ferramentas de alto nível para a modificação de modelos tridimensionais, scripting de eventos e outras aplicações comuns, mas também oferecerão muitas oportunidades de programação customizada.

  • As principais Engines com grandes capacidades para modificação de programação incluem: “Unity”, “UDK”, “Unreal Engine 4” e “CryENGINE”.
  • Se você possui uma experiência de programação limitada, considere comprar um kit de criação de jogos como o GameMaker da empresa YoYo Games. Esse software permite que você crie um jogo arrastando e soltando itens sem codificação, mas também possui o acesso à uma linguagem de programação poderosa para quando se sentir confortável.

Em nosso treinamento completo ensinamos a você à operar com maestria as melhores Engines de Games do mercado.

Leia também >> Engines para Jogo 2D: Qual a Melhor para você?

Leia também >> GameMaker vs Godot: Qual Game Engine Escolher?

#3 Crie sua Própria Game Engine

crie sua propria game engine

Ter uma game engine completa irá fazer muitas tarefas que são comuns a vários jogos, com a finalidade de fazer os desenvolvedores apenas desenhar o conteúdo ao invés de ter de colocar novamente as mesmas partes para cada jogo criado.

Modelar uma engine é uma tarefa bem desafiadora, mas o preço de tempo e energia gasto é muito recompensador para desenvolvedores de games que desejam criar vários games.

Para você entender melhor como criar sua Própria Game Engine recomendo que leia este artigo:
>> Como Criar Minha Própria Game Engine

E-book Desenvolvimento de Games
Baixe Gratuitamente o Guia Completo para se Tornar um Desenvolvedor de Games

Tenha em mãos este livro digital, para você aprender tudo que precisa para iniciar no fantástico mundo de desenvolvimento de games!

#4 Planeje o jogo

planejamento

Esboce o conteúdo o máximo possível antes de iniciar, incluindo tema, ambiente e o tipo de jogabilidade.

Se você começar a programar antes de ter bem claro o conceito, você provavelmente precisará reescrever uma boa quantidade do jogo. Claro que possivelmente isso irá acontecer, mas de qualquer maneira, o ideal é diminuir as possibilidades.

  • A maioria dos jogos, exceto os experimentais, possuem um arco de progresso, então esse é um bom começo para o planejamento. O progresso normalmente acontece a partir de um dos seguintes itens: descobrir mais sobre a história e os personagens, tomar decisões que afetem a história, obter novas habilidades, explorar novas áreas ou solucionar quebra-cabeças cada vez mais complexos.

#5 Seja um prototipador

seja um prototipador

Agora que você já tem ao menos um conceito de jogo, crie um protótipo que seja jogável e o mais simples que puder.

Fazer testes nessa versão básica do conceito do game irá permitir que você saiba se está indo pelo caminho correto ou não.

Caso você perceba algo que não se encaixa ou que parece não fluir direito, vai dar tempo de remover do projeto antes que seja tarde demais.

Prototipe frequentemente e construa o seu game sempre adicionando novos elementos e funcionalidades à medida que evolui. Protótipos irão te poupar um tempo gigante e evitar muitas dores de cabeça.

#6 Melhore os controles

melhore os controles

A funcionalidade essencial de todos os jogos é a interação do jogador por meio do controle. Use o protótipo para verificar se os controles estão tão perfeitos quanto podem ser.

Se os seus Jogos estiverem com controles ruins isso irá gerar uma frustração enorme nos jogadores. Já aqueles com controles em perfeitas condições recompensam as habilidades dos jogadores.

#7 Dedique-se a parte gráfica do jogo

dedique-se a parte gráfica do jogo

Dependendo do estilo que você, existem diferentes programas que se pode utilizar para a criação da parte visual, como:

  • Photoshop – essencial para a criação de texturas e de artes bidimensionais. Como trata-se de um programa caro que pode estar fora do orçamento, você também pode experimentar o Gimp, um software gratuito que tem as mesmas funcionalidades.
  • Blender – um software de código livre muito popular para a criação de modelos tridimensionais. Existem inúmeros tutoriais disponíveis na internet que podem ajudá-lo.
  • Use o Adobe Illustrator – Este programa é ótimo para desenho vetorial. É caro, então, se não tiver muitos recursos, considere usar o Inkscape, a alternativa gratuita e de código aberto do Illustrator.
  • Paint.net – uma alternativa de código livre ao Paint Shop Pro que permite a criação de artes 2D
    gratuitamente. O programa é muito bom para a criação de gráficos no estilo pixel art.

Conclusão das Dicas de Programação para Jogos

conclusao Dicas de Programação para Jogos

Curtiu as dicas de programação para jogos?

O que você acha de aprender a desenvolver games e construir suas próprias Games Engines do absoluto zero em um passo a passo super simples que eu mesmo doou em nosso treinamento para desenvolvedores de games?

Você irá aprender do absoluto zero com as melhores engines do mercado. Ah! E não é preciso saber nada sobre desenvolvimento de games ou programação, nós iremos te ajudar desde os primeiros passos.

>> Conheça o Treinamento mais completo do Brasil que irá fazer de você Desenvolvedor de Games Profissional

E tem mais, você irá ganhar muito dinheiro com os jogos que você produz!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *