Como Aprender a Programar em 7 Passos Simples e Práticos

Tempo de leitura: 8 minutos

Olá desenvolvedor, tudo tranquilo?

Afim de avançar na carreira de programador e entender como aprender a programar em 7 passos simples?

No artigo de hoje vamos fazer um panorama geral de como você pode iniciar com o pé direito a sua carreira de programador e assim não perder tempo com estratégias ineficazes de aprendizado.

Por isso fica comigo aqui neste artigo pois hoje você irá saber exatamente o que eu fiz para me tornar um programador e professor de renome no mercado.

O que iremos aprender hoje?

// O que é programar?

// #1. Por que devo aprender a programar?

// #2. Compreenda os fundamentos da programação

// #3. Aprenda fazendo. Sempre brinque com o código enquanto aprende

// #4. Escreva o código na mão

// #5. Mexa no código de outras pessoas

// #6. Peça ajuda. Você vai precisar

// #7. Faça pausas para corrigir os bugs

O que é Programar?

o que é programar

Para começar, precisamos definir o que é programação. Grande parte dos programadores concorda que programar é:

O ato de escrever código que é compilado para formar programas, que pode ser executado por um computador ou leitor de código e que possui uma função específica ou conjunto de funções.’

Agora, essa definição é bastante ampla. Na realidade, exatamente o que queremos dizer com programação dependerá de que tipo de programa estamos nos referindo.

Por exemplo, um desenvolvedor Web grava um código utilizado para criar sites responsivos e funcionais. Nesse sentido, a programação está sendo utilizada para criar o melhor site possível.

No entanto, alguém que trabalhe com engenharia aeroespacial e de navegação pode precisar escrever um código que permita que um avião opere no piloto automático durante longas viagens. Embora isso seja totalmente diferente da criação de um site, ele ainda está programando.

Enfim, programar é dar ordens para que os computadores façam o que você quer que eles façam.

#1. Por que devo aprender a programar?

por que devo aprender a programar

Como observamos, a programação é um novo e empolgante campo que apresenta um mundo de oportunidades para as pessoas que desejam aprender.

Apesar do que você já deve ter ouvido, aprender a codificar não é tão difícil – especialmente quando você o compara às habilidades necessárias para obter os trabalhos mais qualificados.

Se você for iniciante, pode aprender o básico de como programar com rapidez suficiente para poder começar a escrever seus códigos simples em alguns dias.

Alguns meses de trabalho duro o deixarão fluente em pelo menos uma linguagem de programação. Trabalhar duro para aprender a programar por mais de alguns meses deve fornecer todas as habilidades necessárias para você se tornar um programador de verdade.

Algumas das razões pelas quais você deve aprender a programar hoje mesmo:

  • Programar lhe dará habilidades valiosas. Aprender a programar fornecerá a você habilidades e experiências suficientes para seguir uma carreira como programador.
  • Programar é divertido! Imagine ter as habilidades necessárias para criar seus sites do zero, criar jogos móveis responsivos e programar pacotes de análise de dados. Se você aprender a programar, poderá fazer tudo isso e muito mais de uma maneira divertida e envolvente!
  • Aprender a programar lhe fornecerá segurança no emprego. Da mesma forma, ser capaz de seguir uma carreira como programador lhe fornecerá uma quantidade significativa de segurança no emprego. Programadores estão em demanda em todo o mundo.

Como você pode ver, existem muitas razões pelas quais você deve começar a aprender a programar agora mesmo. Por esse motivo, reunimos o seguinte passo a passo para você parar de perder tempo.

Divirta-se

#2. Compreenda os fundamentos da programação

compreenda os fundamentos da programação

Por mais simples que possam parecer à primeira vista, os fundamentos da programação sempre precisam vir em primeiro lugar: quanto melhor você os entende, mais fácil é aprender conceitos mais avançados.

Baseado em nossa experiência aqui na Danki Code com nossos alunos que se apressam no início de nossos cursos nos quais nos concentramos mais nos fundamentos do desenvolvimento da web, geralmente são os primeiros a ficar presos quando fazemos a transição para materiais mais avançados, como a programação back-end.

Portanto, antes de abandonar as primeiras aulas de HTML e CSS ou pular o capítulo um de um tutorial on-line, lembre-se de que você está ignorando a etapa mais importante do seu aprendizado.

#3. Aprenda fazendo. Sempre brinque com o código enquanto aprende

aprenda fazendo

A cada novo aprendizado, quanto mais cedo você começar a brincar com o código, mais rápido aprenderá os conceitos fornecidos.

Mesmo se você fizer um modulo inteiro de JQuery e entender tudo que lhe foi passado de forma direta – tão direta que até um macaco poderia fazer, assim mesmo você ainda estaria coçando a cabeça ao receber a tarefa para implementar o código pela primeira vez.

Você pensará: “espere, qual era essa parte da sintaxe mesmo?” Por isso sempre busque brincar com os códigos que você for aprendendo no decorrer das aulas.

#4. Escreva o código na mão

escreva o codigo na mao

Se você não sabe, você precisará dessa habilidade para conseguir um emprego.

E outro ponto aqui é que a codificação manual ainda é um dos métodos mais eficazes para aprender a programar.

Seja em um quadro branco ou notebook, a programação manual requer mais cautela, precisão e intenção por trás de cada linha de código.

Porque, diferentemente de um computador, você não pode executar código escrito à mão no meio da folha para verificar se o trabalho está correto.

Embora consuma mais tempo, essa restrição o transformará em um desenvolvedor mais fundamentalmente sólido, tanto na sala de aula quanto no mercado de trabalho.

Para exames de faculdade e entrevistas mais técnicas, você terá que codificar manualmente, porque isso não só é bom para o aprendizado, mas também é universalmente conhecido por ser o teste final para a proficiência de um programador. Portanto, comece cedo e acostume-se a essa prática da velha escola.

#5. Mexa no código de outras pessoas

mexa nos códigos de outras pessoas

depois de já ter uma boa idéia de como programar, é hora de se aprofundar. Uma das melhores maneiras de continuar aprendendo e reforçar o conhecimento da linguagem de programação em questão é descompactar o código de outra pessoa.

O GitHub é um excelente lugar para começar, e abra-o no seu editor de código. Trabalhe com o código e certifique-se de entender todas as linhas e qual é sua função. Adicione comentários se precisar. Se você vir algo que acha que pode ser feito de maneira mais eficiente ou que pode melhorar, mude.

Depois de terminar, salve o código editado e faça o upload novamente para que outras pessoas possam criticar seu trabalho.

#6. Peça ajuda. Você vai precisar

peça ajuda

A realidade é que as pessoas aprendem mais rápido com mentores e feedback de colegas.

O que pode parecer um bug imóvel ou um tópico que você não aprendeu pode ser rapidamente aliviado por um novo par de olhos ou uma nova interpretação do assunto.

Seja online ou pessoalmente, ignore os trolls e não tenha medo de pedir ajuda, porque todos os programadores já estiveram no seu lugar antes. Além disso, a maioria dos desenvolvedores adora programar e, se há algo que as pessoas apaixonadas gostam, é compartilhar seu conhecimento com outras pessoas.

Sugiro que você utilize a regra dos 20 minutos. Reserve pelo menos 20 minutos para descobrir algo por conta própria antes de pedir ajuda. Há uma boa chance de que a resposta já esteja na sua frente e, além disso, lutar faz de você um programador melhor em geral.

#7. Faça pausas para corrigir os bugs

faça pausas para corrigir os bugs

Durante a depuração, é fácil você gastar horas e horas e assim mesmo não há garantia de que você corrija o problema.

Para evitar isso, é melhor se afastar do bug por algumas horas e retornar com uma nova perspectiva. Não é apenas uma maneira garantida de ajudar a resolver o problema, mas você também economiza horas de dor de cabeça.

Portanto, se você não tiver ajuda disponível, como falamos em nossa dica anterior sobre como procurar conselhos – faça uma pausa para clarear sua mente e retornar mais tarde. Enquanto isso, o bug não chegará a lugar algum, e você pelo menos restaurará a sanidade necessária para melhorar a produtividade.

Conclusão de Como Aprender a Programar

conclusao de como aprender a programar

Pegou as 7 dicas de como aprender a programar? Agora vem a dica principal que vai levar sua carreira de programador para um próximo nível.

O próximo passo para você, é colocar a mão na massa comigo em projetos reais, pois além de muitos anos no mercado de desenvolvimento Web, sou professor com vasta experiência para te conduzir nesta jornada e tirar todas as suas dúvidas.

E não sou eu que digo, são os mais de 14.000 alunos capacitados por mim na Danki Code, por isso sei bem do que eu estou falando.

E uma excelente forma de você começar a desenvolver projetos reais comigo é adquirindo o Pacote Full-Stack. Nele você aprenderá desde o básico HTML até construir os projetos mais incríveis e cobiçados do mercado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *