Dez principais habilidades para se tornar um desenvolvedor full-stack em 2021

Tempo de leitura: 10 minutos

No mundo de hoje, se falamos de versatilidade profissional, não há ninguém melhor do que um Desenvolvedor Full Stack para representar o termo “versátil”. 

Bem completos ​​em desenvolvimento web front-end e back-end, os Desenvolvedores Full Stack são profissionais multi-talentosos que todas as empresas e marcas desejam. 

Desde o início da era digital, mais e mais empresas e organizações estão criando sua presença online exclusiva por meio de seus sites.

Naturalmente, o domínio do desenvolvimento web está testemunhando um crescimento como nunca antes, e com certeza a demanda por desenvolvedores Full Stack experientes e qualificados aumentou consideravelmente.

Gostaria de fazer parte desse time? Então não sai desse post pois hoje nós iremos aprender:

Quem é um desenvolvedor Full Stack?
Quais são as habilidades essenciais do Full Stack Developer?
1. HTML / CSS
2. JavaScript
3. Git e GitHub 
4. Linguagens back-end
5. Arquitetura web
6. HTTP e REST
7. Armazenamento de banco de dados
8. Habilidades básicas de design
9. NPM
10. Habilidades pessoais

Quem é um desenvolvedor Full Stack?

Para compreender totalmente a função de um Desenvolvedor Full Stack, você deve primeiro entender os componentes do desenvolvimento web. 

Essencialmente, o desenvolvimento web tem duas partes – desenvolvimento front-end e back-end. Assim, toda aplicação web ou móvel inclui duas partes, um front-end e um back-end.

Enquanto o front-end compreende a parte visível do aplicativo com a qual os usuários interagem (interface do usuário), o back-end é onde toda a mágica real acontece.

O backend de um aplicativo inclui a lógica de negócios (como o sistema funciona e como os dados fluem por meio de uma série de tarefas), como os dados são armazenados e onde a solução é executada.

Ou seja, o front-end e o back-end se combinam para criar o Full Stack.

Um tecnologia Full Stack compreende um sistema operacional, um servidor, um banco de dados e outras ferramentas vitais, como bibliotecas, frameworks, ambientes e assim por diante. 

Quando várias dessas pilhas de tecnologia são colocadas em camadas e executadas juntas, elas criam o Full Stack (pilha completa)

Resumindo, um Full Stack Developer é um especialista em software que é igualmente proficiente no desenvolvimento de front-end (lado do cliente) e desenvolvimento de back-end (lado do servidor). 

Os desenvolvedores Full Stack estão familiarizados com cada camada de pilhas de tecnologia que entram na fabricação de um produto de software. Eles sabem como cada camada funciona e, o mais importante, podem manipular todos os componentes de back-end.

Os desenvolvedores Full Stack possuem um amplo conjunto de habilidades e uma ampla base de conhecimento.

Assim, são necessários anos de experiência em desenvolvimento de software para ganhar o título de Desenvolvedor Full Stack. Eles são altamente valorizados por grandes empresas e também por pequenas startups.

Quais são as habilidades essenciais do Full Stack Developer?

Como mencionamos antes, um Desenvolvedor Full Stack possui uma ampla variedade de habilidades. Aqui estão as habilidades do Full Stack Developer que não são negociáveis!

1. HTML / CSS

Enquanto HTML significa Hypertext Markup Language , CSS significa Cascading Style Sheets .

HTML é usado para adicionar conteúdo da web e CSS é uma ferramenta de personalização para projetar e estilizar um site.

Tanto o HTML quanto o CSS determinam a aparência de um site, que, em última análise, desempenha um papel importante na atração de clientes em potencial.

Os desenvolvedores Full Stack precisam trabalhar com HTML para definir a estrutura das páginas da web usando marcação.

Eles também devem ser proficientes em CSS para uma apresentação eficaz dos elementos HTML.

Os desenvolvedores Full Stack devem ter amplo conhecimento em ambas as linguagens de programação para criar um front-end interativo, intuitivo e envolvente para aplicativos. 

2. JavaScript

Quando se trata de web e desenvolvimento de software, JavaScript é uma habilidade obrigatória do Full Stack Developer.

A linguagem de script orientada a objetos é usada principalmente para adicionar comportamentos usando HTML.

É uma das linguagens mais amplamente usadas para escrever código de front-end e back-end para servidores.

Além disso, JavaScript é a única linguagem de programação que pode ser executada nativamente no navegador e no lado do servidor (Node.js).

Os desenvolvedores Full Stack devem ter conhecimento profundo de JavaScript, juntamente com seus conceitos e recursos como React e Angular.

Uma das melhores coisas sobre o JavaScript é que ele inclui vários recursos úteis, incluindo funções, protótipos, delegação de eventos de ordem superior e encerramento, que ajudam a criar páginas da Web responsivas.

Também é obrigatório para os desenvolvedores Full Stack atualizarem seus conhecimentos de JavaScript à medida que novas estruturas, bibliotecas e ferramentas são lançadas.

Além disso, os desenvolvedores Full Stack devem saber como usar DOM e JSON.

Leia também: Os 10 MELHORES Cursos de Programação para Aprender a Programar

3. Git e GitHub 

Todo desenvolvedor, assim como aspirante a desenvolvedor, já ouviu falar do Git. É um “sistema de controle de versão distribuído” de código aberto que pode lidar com todas as suas necessidades de desenvolvimento.

Ele promete rapidez e eficiência para projetos de pequena e grande escala. Com o Git, os desenvolvedores podem gerenciar perfeitamente todas as alterações feitas em aplicativos, códigos, sites, documentos e outras informações associadas ao desenvolvimento de software / aplicativo.

Os desenvolvedores profissionais geralmente têm um perfil GitHub, que é obrigatório se trabalhar em equipe. 

Quanto aos desenvolvedores Full Stack, o Git permite que eles rastreiem todas as pequenas modificações feitas na base de código do aplicativo.

Eles devem estar cientes de todos os comandos e exemplos básicos do Git. O uso do Git permite que os desenvolvedores Full Stack explorem oportunidades únicas de segurança, produtividade e gerenciamento.

O conhecimento de Git permite que Full Stack Developers colaborem e cooperem melhor com seus colegas desenvolvedores / programadores que estão trabalhando no mesmo projeto. 

4. Linguagens back-end

Embora tenhamos abordado as duas linguagens de front-end mais críticas, HTML e CSS (junto com JavaScript), a outra parte fundamental de um aplicativo ou software é o back-end.

Embora o desenvolvimento de back-end seja um jogo totalmente diferente, há muitas linguagens de programação para escolher. 

Um desenvolvedor Full Stack deve conhecer pelo menos algumas dessas linguagens para o desenvolvimento de back-end:

  • PHP – uma das escolhas mais populares para desenvolvimento de back-end, PHP é uma linguagem de código aberto compatível com várias plataformas que pode funcionar perfeitamente em Unix, macOS e Windows. 
  • Python – a sintaxe semelhante ao inglês do Python, curva de aprendizado suave e uma vasta variedade de bibliotecas e estruturas é o que o torna extremamente popular entre desenvolvedores e programadores de todo o mundo. 
  • Ruby – Ruby é uma linguagem de programação robusta. Uma comunidade ativa de desenvolvedores o apóia, mas também se orgulha de sua excelente documentação e dependências, tornando-o a escolha ideal para o desenvolvimento de backend.
  • Java – Java é uma linguagem de programação multifuncional. Ele pode ser usado para desenvolvimento de aplicativos para web, desktop e dispositivos móveis. Além disso, o Java tem uma ampla variedade de estruturas que simplificam ainda mais o processo de desenvolvimento back-end.

Interessado em aprender mais sobre o desenvolvimento full-stack?ACESSE NOSSO TREINAMENTO COMPLETO. Vai desde o básico ao avançado para lhe transformar em um verdadeiro profissional.

5. Arquitetura web

Os desenvolvedores Full Stack precisam conhecer os detalhes da arquitetura web. Como sua responsabilidade principal é desenvolver aplicativos complexos do zero, eles devem saber como estruturar o código, categorizar os arquivos, estruturar os dados em bancos de dados e realizar as tarefas computacionais necessárias.

6. HTTP e REST

Tanto o HTTP quanto o REST atendem a dois propósitos exclusivos. HTTP é o protocolo usado para facilitar a comunicação com o cliente, enquanto REST é uma interface entre sistemas que usam o protocolo HTTP para coletar dados ou executar diferentes operações (em vários formatos) nos dados. Portanto, REST atua como um tradutor entre o front-end e o back-end. 

Visto que HTTP e REST são necessários para o desenvolvimento Full Stack, os desenvolvedores Full Stack devem dominar ambos.

7. Armazenamento de banco de dados

Todos os aplicativos web precisam de um banco de dados onde todos os dados serão armazenados.

Isso é para garantir que os desenvolvedores possam acessar os dados posteriormente. O armazenamento de banco de dados exige um Desenvolvedor Full Stack experiente e qualificado que conheça bancos de dados relacionais e armazenamento de banco de dados de dentro para fora.

Coisas que um desenvolvedor Full Stack deve saber sobre armazenamento e gerenciamento de banco de dados:

  • Características dos dados relacionais / não relacionais.
  • Conhecimento de bancos de dados NoSQL. 
  • Conhecimento de armazenamento na web.

8. Habilidades básicas de design

Como deixamos claro que um Full Stack Developer se preocupa com front-end e back-end, ele deve possuir as habilidades de design fundamentais.

O conhecimento de design de front-end é crucial para tornar um site atraente. Um site com um design simples e amigável sempre conquista o coração dos usuários. 

Portanto, os desenvolvedores Full Stack devem conhecer os princípios básicos de design, incluindo design de UI e UX, protótipos, escalabilidade, etc. 

9. NPM

NPM é o gerenciador de pacotes projetado explicitamente para Node.js. Auxilia na instalação de diferentes pacotes.

Ele também oferece soluções relevantes para várias dependências.

O NPM permite que os desenvolvedores coloquem módulos de maneira ideal para ajudar o node a localizá-los e gerenciar os conflitos de dependência de acordo.

O NPM é altamente configurável e, portanto, pode ser usado para muitos aplicativos, incluindo o desenvolvimento, publicação, descoberta e instalação de programas do node. 

10. Habilidades pessoais

Quando você aspira se tornar um Desenvolvedor Full Stack, somente as habilidades técnicas não serão suficientes. Você deve possuir o equilíbrio perfeito entre conhecimento técnico e habilidades sociais. Todo desenvolvedor Full Stack deve ter as seguintes habilidades sociais:

  • Uma inclinação analítica da mente
  • Boas habilidades de gerenciamento de tempo
  • Curiosidade para aprender
  • Atenção aos detalhes
  • Visão criativa
  • Paciência

Conclusão

Para concluir, Full Stack Developers são especialistas altamente qualificados que podem lidar com tudo relacionado ao desenvolvimento web.

Essas habilidades são o que os distingue dos desenvolvedores de front-end e back-end. 

Esperamos que isso ajude!

Gostou do artigo? O que acha de aprender profundamente cada tecnologia do desenvolvimento Full-Stack?

Tenha acesso agora mesmo ao Pacote Full Stack Master clicando aqui. É um treinamento completo que vai desde o básico ao avançado para lhe transformar em um verdadeiro profissional.

O Pacote Full-Stack Agora Conta com os 15 Cursos Mais Completos do Brasil

Já são mais de 2500 aulas e Novas Aulas e Projetos sendo adicionados constantemente (SEM NENHUM CUSTO ADICIONAL)

CLIQUE AQUI PARA SABER QUE CURSOS IRÁ LEVAR E O QUE VOCÊ IRÁ APRENDER NO TREINAMENTO!