Constantes no PHP: Guia Introdutório

Tempo de leitura: 4 minutos

PHP Hypertext Preprocessor (PHP) é uma linguagem de programação que permite aos desenvolvedores Web criar conteúdo dinâmico para interagir com os bancos de dados.

O PHP é basicamente utilizado para o desenvolvimento de aplicações baseadas na Web.

Além disso, O PHP é totalmente processado no servidor, e isso faz dele uma linguagem Server-side.

Dessa forma suas aplicações não poderão ser copiadas por outros usuários. Todas as rotinas, funções e processos serão feitas no servidor e o usuário receberá apenas o resultado em seu navegador.

Falo com mais detalhes sobre esse assunto no artigo: “Tudo que você precisa saber para se tornar um programador PHP Profissional”

Porém, hoje vamos focar exclusivamente em constantes no PHP, Ok?!

O que iremos aprender hoje?

// O que é uma constant

// Função constant ()

// Exemplo de constant ()

// Diferença entre constant e variáveis

// Nomes de constantes válidas e invalidas

// Constantes mágicas do PHP

O que é uma constant

Uma constante é um nome ou um identificador para um valor simples. Um valor constante não pode ser alterado durante a execução do script.

Por padrão, uma constante faz diferença entre maiúsculas e minúsculas. Por convenção, os identificadores constantes estão sempre em maiúsculas.

Um nome constante começa com uma letra ou sublinhado, seguido por qualquer quantidade de letras, números ou sublinhados. Se você definiu uma constante, ela nunca poderá ser alterada ou indefinida.

Para definir uma constante, você deve usar a função define () e para recuperar o valor de uma constante, basta especificar seu nome. Ao contrário das variáveis, você não precisa ter uma constante com um $.

Você também pode usar a função constant () para ler o valor de uma constante se desejar obter o nome da constante de forma dinâmica.

função constant ()

Conforme indicado pelo nome, essa função retornará o valor da constante.

Isso é útil quando você deseja recuperar o valor de uma constante, mas não sabe o nome, ou seja, ela é armazenada em uma variável ou retornada por uma função.

E-book Desenvolvimento Full Stack
Baixe Gratuitamente o Guia Completo de Como se Tornar um Desenvolvedor Full Stack

Tenha em mãos o livro digital, que irá lhe ensinar tudo sobre as principais tecnologias web e fará você dar o ponta-pé inicial no Universo Full-Stack!

exemplo de constant ()

<?php
   define("MINSIZE", 50);
   
   echo MINSIZE;
   echo constant("MINSIZE"); // A mesma coisa da linha anterior
?>

Somente dados escalares (booleano, inteiro, float e string) podem estar contidos em constantes.

Diferença entre constantes e variáveis

  • Não é necessário escrever um cifrão ($) antes de uma constante, porém é necessário em uma variável.
  • As constantes não podem ser definidas por atribuição simples, elas só podem ser definidas usando a função define ().
  • As constantes podem ser definidas e acessadas em qualquer lugar, sem levar em consideração as regras de escopo variável.
  • Uma vez definidas as constantes, elas não podem ser redefinidas ou indefinidas.

Nomes de constantes válidas e inválidas

// Nomes de constantes válidas
define("UM",     "primeira");
define("DOIS2",    "segunda");
define("TRES3", "terceira");

// Nomes de contantes invalidas
define("2DOIS",    "segunda");
define("__TRES__", "terceira"); 

Constantes mágicas do PHP

O PHP fornece um grande número de constantes predefinidas para qualquer script em execução.

Existem cinco constantes mágicas que mudam dependendo de onde são utilizadas. Por exemplo, o valor de __LINE__ depende da linha em que é usada no seu script.

Essas constantes especiais não diferenciam maiúsculas de minúsculas e são as seguintes:

Segue algumas constantes PHP “mágicas” abaixo.

Sr.NO Nome e descrição
1 __LINE__

O número da linha atual do arquivo.

2 __FILE__

O caminho completo e o nome do arquivo. Se usado dentro de uma inclusão, o nome do arquivo incluído é retornado. Desde o PHP 4.0.2, __FILE__ sempre contém um caminho absoluto, enquanto nas versões mais antigas ele continha um caminho relativo em algumas circunstâncias.

3 __FUNCTION__

O nome da função. (Adicionado no PHP 4.3.0) A partir do PHP 5, essa constante retorna o nome da função como foi declarada (diferencia maiúsculas de minúsculas). No PHP 4, seu valor é sempre em minúsculas.

4 __CLASS__

O nome da classe. (Adicionado no PHP 4.3.0) A partir do PHP 5, essa constante retorna o nome da classe como foi declarado (diferencia maiúsculas de minúsculas). No PHP 4, seu valor é sempre em minúsculas.

5 __METHOD__

O nome do método da classe. (Adicionado no PHP 5.0.0) O nome do método é retornado como foi declarado (diferencia maiúsculas de minúsculas).


Conclusão de Constantes no PHP

Gostou do nosso artigo sobre constantes no PHP? tenho algo ainda melhor pra você!

Deseja aprender com projetos práticos a criar aplicações completas utilizando os mais modernos frameworks do mercado?

>> Conheça o nosso treinamento completo “Pacote Full-Stack” e Domine as Tecnologias mais Atuais e Poderosas!

Com o Pacote Full-Stack, você não vai dominar apenas o PHP mas as maiores e principais tecnologias do mercado e se tornar um(a) Desenvolvedor(a) Full-Stack Completo, com salários que ultrapassam facilmente a faixa dos R$5.000,00. Ou ainda, poderá criar sua própria Agência/Empresa e ganhar quanto quiser. Você será dono(a) do próprio tempo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *