Unity Vs Unreal: Qual escolher?

Tempo de leitura: 13 minutos

Sem dúvida alguma, as engines mais populares para desenvolvedores de jogos menores são Unity e Unreal, e existem boas razões para isso.

Ambos têm a capacidade de criar gráficos de qualidade AAA. E também ambos têm ótimas pontes entre a maioria dos softwares padrão da indústria de games.

Estas engines foram embaladas com uma caixa de ferramenta bem ampla, que comporta editor de terreno, simulador físico, iluminação avançada, suporte a RV, animações e muitas outras funcionalidades.

Houve uma época em que se poderia diferenciar facilmente um mecanismo do outro simplesmente observando o jogo.

Ambos tinham seu visual próprio, tanto para o bem como para o mal.

No entanto, o tempo passou e você já não pode mais diferenciar uma engine da outra olhando apenas o resultado final.

Veja a imagem acima como exemplo, o caractere esquerdo foi renderizado com Unity e o direito com Unreal

Nas mãos dos desenvolvedores de games fazer um jogo parecer único, é algo excelente.

Então, analisando superficialmente, parece que temos um empate entre as engines?

Hummm .. Não é bem assim, pois cada engine tem suas vantagens e desvantagens.

Como diz o ditado: A beleza está nos olhos de quem vê, e isso é bem válido para as engines de jogos.

Se você está apenas iniciando no universo do desenvolvimento de games, ou talvez até seja um pouco mais experiente e está curioso para saber se você tomou a decisão certa, continue lendo este artigo pois vamos nos aprofundar bastante nessa guerra contínua entre esses titãs do mercado de games, Unity vs Unreal.

O que você irá aprender neste artigo?

// Introdução do Unity Vs Unreal

// Gráficos

// Caixa de ferramentas

// Codificação

// Jogos 2D

// Preços

Introdução do Unity Vs Unreal

introdução unity vs unreal

Unity

A Unity foi Fundada em 2004 com a meta de tornar o desenvolvimento de games acessível para todos e não só para grandes empresas, e foi exatamente o que ela fez.

Quase todos os desenvolvedores de jogos indie começaram ou ainda estão utilizando o Unity como sua ferramenta principal.

O seu design é bem intuitivo, utiliza a linguagem de codificação C# que facilita bastante o aprendizado e a utilização.

Tem uma comunidade gigante com uma enorme loja de ativos, além de inúmeros tutoriais e cursos para serem encontrados online.

Todas estas características fazem do Unity uma opção atraente para equipes menores e desenvolvedores que estão começando no ramo.

Unreal

O Unreal foi desenvolvido e lançado em 1998 pela Epic Games, seguido pelo super hit “Unreal Tournament”.

Unreal sempre foi conhecido por seus gráficos de freio no solo e presença na cultura de jogos AAA.

Agora com um modelo de preços mais atraente, ficou bem mais acessível para desenvolvedores menores, colocando o Unreal para concorrer lado a lado com o Unity.

Embora sua documentação seja um pouco confusa para o desenvolvedor, sua comunidade não é tão ampla quanto a do Unity. Algumas de suas interfaces são bem intimidadoras, sem mencionar a linguagem de programação que é C ++.

Ele oferece toda potência que uma engine de jogos merece, mostrando que seus gráficos são bem relevantes, mantendo uma eficiência e tanto.

Com os esforços da Epic para fazer o Unreal mais acessível com a introdução do Blueprints (sistema de codificação visual), com contínuos esforços para melhorar a sua documentação, conteúdo de aprendizagem e um grande foco na criação de uma comunidade, o Unreal é uma escolha sólida porém bem mais complicado de se trabalhar que o Unity.

Gráficos

Graficos

Agora que temos mais um pouco de experiência, vamos ver os poderes dessas duas engines.

Ambas engines suportam tanto jogos 2D como jogos totalmente renderizados em 3D. Executando as tecnologias mais recentes, incluindo PBR (Fisicamente-Based Rendering), GI (Iluminação Global), luzes volumétricas, pós-processamento, shaders avançados e muitas outras.

No papel, parece que não importa qual mecanismo você escolhe se o visual é o que é importante para você.

Gráficos do Unreal

Como foi falado antes, as duas engines podem trazer resultados bem semelhantes. Porém, o Unreal é repleto de ferramentas, predefinições que realmente funcionam prontamente e que podem ser facilmente ajustadas.

Luzes volumétricas, pós-processamento, lens flares. Está tudo lá, pronto para ser utilizado.

Quando você faz a iluminação com “Qualidade de Produção”, ela fica incrível, com falhas mínimas, mas, na maioria das vezes, sem falhas.

Ele também possui um incrível material editor, usando o gráfico de nós que você pode facilmente criar e ajustar os materiais.

Funciona de forma muito parecida com alguns softwares 3D como o Maya ou o 3DS MAX. Isso permite ajustar e iterar rapidamente com o feedback ao vivo dentro do próprio Unreal.

O pós-processamento é totalmente integrado e pronto para uso, oferecendo uma ampla opção de classificação, ampliação de lentes, efeitos volumétricos etc.

O sistema é bem parecida ao que é utilizado na indústria cinematográfica, dando-lhe uma sensação cinematográfica suave.

Você também tem a opção de colocar volumes de trigger ao redor do mundo, de modo que quando um jogador entra nesse volume, as cores mudam. Ou seja, para um azul mais legal, permitindo que você defina o humor para diferentes áreas em seu mapa, etc.

Gráficos do Unity

Com a nova atualização feita em 2018, o Unity passou a usar um modelo de iluminação mais leve, pois era definitivamente necessário.

Global Illumination em tempo real, shader com base física

A engine de renderização em tempo real de Unity permite uma ótima fidelidade visual. Desde um dia luminoso a um brilho chamativo em placas de neon à noite; desde raios de sol a ruas escuras e túneis sombrios – crie uma atmosfera sugestiva que cativa os jogadores.

ATENÇÃO: O Unity lançou uma versão beta que inclui o material editor, no entanto, requer configurações gráficas muito específicas e pode ser feita uma grande confusão. Não é simples para usuários iniciantes e intermediários utilizarem seu gráfico de sombreador, ele também ainda está em versão beta, o que significa que ele não foi adequadamente integrado ao Unity, e é por isso que não consideramos isso um recurso oficial.

Acesso à API de gráficos nativos rápidos

Unity suporta multiplataformas, mas mantém-se perto da API de gráficos de baixo nível de cada plataforma, permitindo aproveitar as últimas melhorias de GPU e hardware, como Vulkan, iOS Metal, DirectX12, nVidia VRWorks ou AMD LiquidVR.

Post Processing Stack

O novo post-processing stack Unity combina um conjunto completo de efeitos de imagem über em um único pipeline pós-processo. Você pode combinar muitos efeitos em uma única passagem e um sistema de configuração predefinido baseado em recursos facilita o gerenciamento.

Vem com os seguintes efeitos: Antialiasing (FXAA, Temporal AA), Ambient Occlusion (Oclusão de Ambiente), Screen Space Reflections(reflexos em tempo real), Fog (nevoeiro), Depth of Field (profundidade de campo), Motion Blur (desenfoque de movimento), EyeAdaptation (adaptação do olho), Bloom, Color Grading (graduação de cor), User Lut, Chromatic Aberration (aberração cromática),Grain (granulado), Vignette (vinheta), Dithering (pontilhado).

O Post Processing Stack é distribuído via Asset Store.

adam made in unity
Short “ADAM” – feito em Unity

>> Aqui está uma lista com 5 Jogos incríveis feitos com Unity, se você deseja ver alguns exemplos do que o Unity é capaz de realizar.

Caixa de ferramentas

Caixa de Ferramentas

As duas engines vêm com um conjunto de ferramentas para você brincar e abusar.

Ambas têm suas próprias lojas, onde você pode encontrar uma grande variedade de plugins, códigos, animações e modelos, criados pelo Unity / Unreal, mas também extensões criadas pela comunidade.

As lojas de ativos também são uma oportunidade para você vender e compartilhar o que você fez.

Caixa de Ferramentas do Unity

O Unity vem carregado com ferramentas para você usar, incluindo, Animação, Iluminação, Acionadores de Eventos, Áudio e muito mais.

A loja de ativos Unity está repleta de plugins, extensões e outras ferramentas úteis que ajudarão você a juntar as peças que faltam e, geralmente, a um preço razoável.

É muito fácil começar a fazer suas próprias ferramentas dentro da Unity e também é muito divertido, se você gosta desse tipo de coisa, é claro.

Mas experimente antes de tomar suas próprias conclusões. Talvez o Unity ofereça exatamente o que você precisa para finalizar o seu jogo!

Caixa de ferramentas do Unreal

O Unreal vem carregado com uma enorme quantidade de ferramentas e recursos.

A desvantagem, é que é muito complicada. Às vezes parece que você está no meio de um labirinto e não tem ideia de para onde ir. Mas uma vez que você saiba o caminho, nada o impedirá de construir algo surreal.

Todas as ferramentas sentem-se bem integradas, é robusto e funciona. Na maioria das vezes rs.

Existe, é claro, uma loja de ativos, não tão abastecida quanto a da Unity, e um pouco mais cara, em média. Mas ainda pode fornecer um ótimo suporte para o seu jogo.

Se você quiser um controlador de jogador de terceira pessoa, solte-o, aperte play. Você pode correr, pular, agachar e testar seu nível em um flash. Não há necessidade de importar pacotes ou fuçar nas configurações tentando fazê-lo funcionar.

Mas .. E se há algo faltando que você precisa desesperadamente? E a loja de ativos não parece oferecer o que você precisa?

Assim como com o Unity, você tem a opção de criar suas próprias ferramentas, mas como tudo precisa ser escrito em C++. Você sem dúvida terá mais dificuldade em escrever suas próprias ferramentas. Pelo menos no início.

Codificação

codificação

O Unity utiliza o C#, que é bastante semelhante ao C++, mas muito mais simples e fácil de aprender.

É um ótimo primeiro passo para aprender a programar.

Unreal está cheio em C++, que é indiscutivelmente a linguagem de codificação mais difícil de aprender, mas eles também têm o que chamam de Blueprints.

Blueprints é um sistema de script visual onde você não precisa colocar uma única linha de código.

Você conecta nós com várias funções e pode “codificar” os diferentes comportamentos do seu jogo sem precisar codificar.

Embora seja ótimo e você provavelmente poderia fazer um jogo inteiro sem uma única linha de código dessa maneira. Em seu estado atual, algumas coisas são melhor feitas no código.

Ter algumas habilidades em C++ será muito útil ao trabalhar com o Unreal.

Jogos 2D

jogos 2d

Se você está pretendendo desenvolver conteúdo 2D, não há muito o que falar aqui. Sua melhor aposta será o Unity .

Com sua interface simplificada e sua ferramentas 2D bem desenvolvidas, animação sprite intuitiva etc você irá se dar muito bem com o Unity.

Porém também pode ser feito com Unreal, mas não tem muito sentido, pois o Unreal não foi desenvolvido para criar jogos em 2D. Isso só fará uma coisa, ele irá adicionar um nível desnecessário de complexidade que simplesmente não vale a pena.

Preços – Unity Vs Unreal

preço

O Unity está disponível em três opções, Personal Plus Pro.

A versão personal vem com todos os recursos principais e é grátis. Você tem permissão de até US$ 100 mil em receita anual. Você também é forçado a ter a tela inicial “Made in Unity” antes do jogo começar.

E ainda tem mais. Você pode ganhar até US$ 200 mil em receita anual e devolverá US$ 25 por mês em uma taxa de assinatura se você optar pela assinatura anual. Ele também vem com benefícios adicionais, como: tela personalizada do Splash, 20% de desconto na loja de ativos e relatórios de falhas de desempenho, para citar alguns.

Já a versão Pro oferece todos os benefícios do Plus e não tem limite de receita anual. É a uma alta de US$ 125 por mês. Mas se você está fazendo $200 mil mais um ano, isso realmente não é um problema.

Mais informações sobre os preços do Unity podem ser encontradas aqui.

A abordagem do Unreal é diferente – eles vão te dar a engine completa com todos os recursos de graça. Mas você deve 5% de toda sua receita ao enviar seu jogo.

Mais informações sobre os preços do Unreal podem ser encontradas aqui.

>> Se deseja se APROFUNDAR mais no universo dos Games baixe o nosso e-book Completo: “Desenvolvimento de Games” e transforme um Hobbie em profissão.

Conclusão de Unity vs Unreal – qual engine é ideal para você?

conclusao

Escolha Unity se:

Se você deseja começar a criar jogos incriveis mesmo sem ter experiência com codificação ou programas 3D. Considere fazer o nosso Curso completo de Desenvolvimento de Games para Criar e Programar Jogos Completos em 2D e 3D utilizando o Unity.

Mais abaixo eu lhe darei dicas sobre um ótimo material didático

Se deseja fazer jogos com renderização superior o Unity também é essencial

O Pipeline de Renderização Scriptável (SRP) permite adaptar o processo de renderização à sua plataforma de destino para otimizar o desempenho de um hardware específico

Escolha Unreal se:

  • Você tem experiência em codificação e preferencialmente alguma experiência com programas 3D.
  • Você já tem experiência em fazer jogos.
  • Você quer empurrar gráficos para o limite.
  • Você já conhece o Unity

Unreal cumpre os padrões de excelência em muitos aspectos, mas com sua curva de aprendizado íngreme, pode ser bem difícil colocá-lo em prática se você for iniciante. Até o Unity pode ser um pouco intimidante no começo!

Será muito mais fácil e rápido finalizar um jogo no Unity do que no Unreal, pelo menos no inicio.

Então o veredicto é que, se você chegou a essa página querendo começar um hobby ou uma carreira na criação de jogos, provavelmente e definitivamente você deve iniciar com o Unity .

E quem sabe depois você possa mudar para o Unreal, mas talvez você não irá ver essa necessidade, pois o Unity é suficientemente poderoso para suprir todas as necessidades de um jogo de excelência.

>> CLIQUE AQUI E BAIXE o nosso Livro Digital Completo: “Desenvolvimento de Games” e Comece a programar profissionais Jogos de forma profissional hoje mesmo.

 

Comentários encerrados.